outubro 25, 2020

76% da população de SP vive nas regiões que foram para a fase verde


Seis regiões de São Paulo foram classificadas nessa sexta-feira na fase verde do Plano São Paulo, que está orientando a flexibilização da quarentena no estado. Entre as regiões que melhoraram os indicadores e puderam avançar no plano está a capital paulista e toda a região metropolitana.

A principal mudança da fase verde é a possibilidade de retomada de eventos e atividades culturais como cinemas, museus e teatros, até o limite de 60% da lotação. Grandes espetáculos e eventos que provoquem aglomerações continuam proibidos.

Bares, restaurantes e outros estabelecimentos comerciais podem atender até o limite de 60% da capacidade e funcionar por até 12 horas por dia. Antes, na fase amarela, eram 8 horas. Nos bares e restaurantes o atendimento será até 22h, mas os clientes que já estiverem no local podem permanecer até 23h.

A regra também ficou mais flexível nas cidades que continuam na fase amarela e o comércio vai poder funcionar 10 horas por dia.

Só que a definição do que voltará a funcionar vai ficar a cargo das prefeituras. Segundo o prefeito Bruno Covas, na cidade de São Paulo serão permitidos espetáculos com até 600 pessoas, mas os parques continuam fechados.

Além da região metropolitana da capital paulista também foram classificadas na fase verde as regiões de Campinas, Taubaté, Piracicaba, Sorocaba e a Baixada Santista. Com isso, 76% da população do estado está em municípios com regras de quarentena menos rígidas.

A região de Barretos, no norte do estado, apresentou piora nos indicadores de internações e óbitos e teve que regredir para a fase laranja. Nessa fase, só é permitido atividade em escritórios, imobiliárias, comércio de rua, shoppings e concessionária, mas com 20% da capacidade e por no máximo 6 horas diárias, 4 dias por semana.

Segundo o coordenador do centro de contingência para o coronavírus, José Medina, apesar do número de óbitos seguir alto em todo o estado, a evolução da pandemia no estado continua dentro das previsões.

Nessa sexta-feira, o estado de São Paulo registrou pouco mais de 1,028 milhão de casos de coronavírus e 37.068 óbitos.

*Com informações da Rádio Nacional em São Paulo/EBC

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *