janeiro 22, 2022

Aplicativo pretende auxiliar no manejo sustentável da pesca


Um aplicativo de rastreamento de peixes pode ser um aliado no manejo sustentável da pesca e na conservação da biodiversidade na Amazônia. Batizada de Ictio, que vem de peixes em latim, a ferramenta é resultado de uma parceria entre instituições nacionais e estrangeiras.

A Universidade Federal de Rondônia é uma delas. A professora Carolina Dória explica que a coleta de informações para o aplicativo tem a colaboração de pescadores como cientistas-cidadão.

A pesquisadora Carolina Dória, do Laboratório de Ictiologia e Pesca, destaca que com essa nova tecnologia, vai ser possível levantar informações sobre a migração desses animais em diferentes pontos da Bacia Amazônica.

A lista tem 21 espécies. Os dados coletados serão disponibilizados para os colaboradores da Rede Ciência Cidadã na Amazônia, que conta com a participação de organizações que trabalham com comunidades ribeirinhas.

A professora Carolina Dória reforça que as informações geradas pelo aplicativo serão utilizadas apenas para a pesquisa. Em Rondônia, o número de voluntários ainda é pequeno. A expectativa é chegar a cem participantes no estado até o final do ano.

*Com informações da Rádio Nacional DF

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *