janeiro 15, 2021

Benefícios do INSS são reajustados em 5,45%


O governo publicou nesta quarta-feira (13) a portaria no Diário Oficial da União com o reajuste de 5,45% para os benefícios do INSS, o Instituto Nacional do Seguro Social.

Com o reajuste, o salário pago a aposentados e pensionistas não poderá ser inferior a R$ 1.100, que é novo valor do salário mínimo. E o teto passou para R$ 6.433,57.

O reajuste do INSS também muda o piso e o teto das contribuições que os trabalhadores da ativa tem que fazer ao instituto. Para quem recebe o piso de R$ 1.100, a contribuição ficou em 7,5%. Já para quem recebem entre R$ 3.305,23 e R$ 6.433,57 ficou em 14%.

Pela legislação, o reajuste do benefício de aposentados e pensionistas que recebem valor superior ao do salário mínimo é definido pela variação do INPC, o Índice Nacional de Preços ao Consumidor do ano anterior. Lembrando que esse reajuste vale também para os outros benefícios do INSS como auxílio-doença, auxílio-reclusão e pensão por morte.

Os aposentados e pensionistas vão receber os novos valores a partir do dia 25 de janeiro para aqueles que tem benefício de até um salário mínimo.

Já os que recebem mais que um salário mínimo o novo valor será creditado no dia 1º de fevereiro, conforme o calendário de pagamentos do INSS de 2021. As datas de pagamento estão disponíveis pelo aplicativo do INSS ou no site meu.inss.gov.br.

*Com informações da Rádio Nacional/SP – Foto: Agência Brasil

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *