outubro 25, 2020

Campanha Nacional de Multivacinação começa nesta segunda-feira


A partir desta segunda-feira (5), tem início em todo o país a Campanha Nacional de Multivacinação. O objetivo é atualizar a caderneta de crianças e adolescentes entre 6 meses e 15 anos. Todas as vacinas presentes nos calendários de imunização dessas faixas etárias farão parte da ação.

A campanha também terá um Dia D de mobilização, no dia 17 de outubro. Nesta data, considerada o Dia Nacional da Vacinação, o chamado à população será intensificado para garantir um alcance maior da campanha.

No estado do Rio, as vacinas serão aplicadas nos postos municipais de saúde da capital e do interior.A Secretaria de Estado de Saúde estima que cerca de 50% da população-alvo da campanha ainda necessita atualizar a caderneta de vacinação. A cobertura ideal varia entre 90% e 95% para cada imunizante até o fim do ano.

O gerente de Imunização da Subsecretaria de Vigilância em Saúde, Valter Almeida, explica como vai funcionar a vacinação nas unidades nesse momento de prevenção ao coronavírus.

A pequena Luiza Ferreira , de 8 anos, moradora de Botafogo, na zona sul, do Rio, conta que já não chora ao tomar vacinas e sabe muito bem porque elas são importantes.

A Secretaria de Saúde informou que durante a campanha, também será oferecida imunização contra o sarampo para todos da faixa etária entre 6 meses e 59 anos. A medida é para evitar a exposição desnecessária da população à covid-19, aproveitando a ida do responsável pelas crianças à unidade para atualizar a própria situação vacinal dele.

As populações indígenas também serão atendidas na Campanha Nacional de Multivacinação. Segundo a Secretaria, essa população tem um calendário de imunização próprio, similar ao geral, mas com diferenças na posologia. Apenas no Estado do Rio de Janeiro, há cerca de 700 pessoas integrantes de povos indígenas, em Angra dos Reis, Paraty e Maricá.   

*Com informações da Rádio Nacional/RJ/EBC

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *