abril 8, 2020

Hemocentro do Pará adota teste para coronavírus em doadores de sangue


Os doadores de sangue do Hemopa, Centro de Hemoterapia e Hematologia do Pará, vão passar por uma triagem para busca do novo coronavírus. A decisão segue norma publicada pelo Ministério da Saúde e pela Anvisa, a Agência Nacional de Vigilância Sanitária, que determina o teste para o COVID-19, além da dengue, chikungunya e zika nas doações.

A medida busca evitar o risco de transmissão desses vírus pela transfusão de sangue. Jassiara Farias, gerente de Captação de Doações do Hemopa, afirma que os servidores foram treinados para identificar os sintomas do coronavírus.

Pessoas que tiverem teste positivo para o novo coronavirus ficam impossibilitadas de doar sangue por 90 dias. São considerados inaptos por 30 dias aqueles que estiveram recentemente em algum país ou região afetada pelo COVID-19 ou que tiveram contato com pessoas infectadas.

Também fica impedido de doar sangue quem teve diagnóstico de dengue e chikungunya nos últimos 30. Já os diagnosticados com zika, não podem doar sangue por 120 dias.

O Hemopa também orienta que os doadores passem informações caso tenham sintomas de alguma dessas doenças até 14 dias após a doação. Lembrando que para doar sangue é necessário ter entre 16 e 69 anos de idade, pesar mais de 50 quilos, estar bem de saúde e portar documento de identificação.

*Com informações da Rádio Nacional em Brasília/EBC

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *