fevereiro 26, 2021

Maioria das escolas já voltou às aulas


Após um ano de 2020 praticamente com aulas à distância em todo o Brasil, o ensino está voltando aos poucos de forma híbrida – os estudantes assistem parte das aulas presencialmente, parte online. Em muitos casos haverá rodízio de alunos, porque as salas estão com capacidade menor para manter o distanciamento entre as cadeiras.

Segundo a Federação Nacional das Escola Particulares, 20 estados já voltaram às aulas nesse modelo. Já na rede pública, as aulas nas escolas estaduais começaram em 16 estados. Em outros 10, as atividades iniciam em março, a maioria de forma híbrida. Apenas a Bahia, ainda não tem a data definida e nem o modelo.

Escolas dizem estar adaptadas para receber os alunos que forem frequentar as aulas, sem risco de contágio pelo novo coronavírus com medidas de distanciamento social, menos alunos em sala, álcool em gel, lavagem das mãos, proibição de brincadeiras coletivas.

O diretor Jurídico do Sindicato dos professores dos estabelecimentos de ensino particular do DF, Rodrigo de Paula, detalha a situação da rede particular. Mas a professora da Faculdade de Educação da Unb, Catarina de Almeida, acredita que nenhuma rede de ensino, seja particular ou pública, esteja preparada para o retorno com segurança.

Porém a dona de casa, Alverice da Silva, avalia que a escola da sua filha já estava pronta e segura para recebê-la desde o ano passado e viu muitas vantagens na volta da criança as atividades presenciais.

Para tentar deixar as escolas mais segura, os professores fazem parte do Plano Nacional de Imunização do Ministério da Saúde. No entanto, ainda não há previsão para que os profissionais sejam vacinados. O governador do Distrito Federal, Ibaneis Rocha, anunciou que deve começar a imunizar este público em março.

*Fonte: Rádio Nacional de Brasília / Foto: EBC

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *