junho 2, 2020

Moro confirma saída do Ministério da Justiça


O ministro da Justiça e Segurança Pública, Sérgio Moro, anunciou nesta sexta-feira (24) a própria demissão do governo federal em um pronunciamento à imprensa.

O anúncio ocorre no mesmo dia que o presidente da república, Jair Bolsonaro, exonerou o diretor-geral da Polícia Federal, Maurício Valeixo.

Segundo consta no Diário Oficial da União, a exoneração ocorreu a pedido do próprio diretor-geral. Mas, durante a coletiva, Moro negou que o então diretor da PF quisesse sair.

O ministro da Justiça destacou que o presidente vinha insistindo em trocar o comando da Polícia Federal e que ele, Moro, chegou a sugerir outro nome, mas não obteve resposta.

No final, Moro agradeceu ao presidente a oportunidade de assumir o ministério e então anunciou a demissão.

O agora ex-ministro da Justiça e Segurança Pública disse que vai descansar um pouco e, em seguida, buscará um novo emprego. E que, independentemente de onde esteja, afirmou que sempre estará a disposição do Brasil.

*Com informações da Rádio Nacional em Brasília
*Foto: Agência Brasil

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *