novembro 30, 2020

Polícia Federal vai investigar incêndio no Hospital de Bonsucesso


Até o fim da noite dessa terça feira, duas pacientes morreram durante incêndio no Hospital Federal de Bonsucesso, uma das principais unidades de saúde da zona norte do Rio.

A assessoria do hospital informou, em nota, que as duas mulheres estavam em estado grave, no CTI. E que até a chegada do Corpo de Bombeiros, a brigada de incêndio da unidade tinha removido 162 pacientes do prédio 1 para o prédio 2 do Complexo Hospitalar. 76 pacientes foram transferidos para outras unidades de saúde. 

A prefeitura do RIo  disponibilizou vagas em unidades da rede  municipal, inclusive no Hospital de Campanha do Riocentro, construído para atendimento de pacientes com a covid-19, como afirmou o subsecretário de saúde, Jorge Darze.

O incêndio começou pouco antes da 10h e várias guarnições do Corpo de Bombeiros foram acionadas. Cerca de 90 bombeiros de diversas unidades atuaram para conter as chamas que, segundo a corporação, começaram no almoxarifado do Prédio 1 do complexo hospitalar. Foram mais de quatro horas até o fogo ser controlado, mas ao longo da tarde muita fumaça ainda podia ser vista no local .

O presidente do Sindicato dos Médicos, Alexandre Tales, afirmou que relatórios da Defensoria Pública e denúncias do próprio sindicato já apontavam condições de riscos na unidade. 

O incêndio na unidade vai ser investigado pela Polícia Federal, que instaurou Inquérito para apurar as circunstâncias do incidente. A PF informou em nota que uma equipe de agentes esteve no local para iniciar as investigações  e o trabalho da perícia.

A reportagem entrou em contato com o NERJ, Nucleo do Ministério da Saúde no Rio de Janeiro, sobre as denúncias de falta de manutenção, mas  até o fechamento da matéria não houve resposta. 

*Com informações da Rádio Nacional no Rio de janeiro/EBC

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *