setembro 27, 2020

Prefeitura do Rio faz apelo contra aglomerações em praias


A Prefeitura do Rio fez um apelo à população neste domingo para que siga as regras do plano de flexibilização do isolamento social imposto pela pandemia. O pedido foi feito após as praias da capital fluminense ficarem lotadas neste final de semana ensolarado, com muitos banhistas desrespeitando a proibição de montarem guarda-sóis e cadeiras nas areias. 

A prefeitura destacou ser fundamental combater as aglomerações nas praias e bares  para evitar graves consequências à população e taxou como irresponsável a conduta de quem não se preocupa, porque pode se contaminar e também transmitir o coronavírus para familiares em casa.

Segundo a prefeitura, 69 quiosques na orla foram fiscalizados até a tarde deste domingo. Um foi interditado por manipulação de alimentos, o que continua proibido, e três foram multados por diversas irregularidades. 11 barraqueiros foram notificados pela oferta de cadeiras, guarda-sóis e bebidas alcoólicas aos banhistas. Mais de 30 ambulantes não autorizados também foram orientados a saírem das praias.

Ainda de acordo com o balanço, 28 bares, boates e casas de festa foram fiscalizados desde a sexta-feira, sete estabelecimentos foram fechados por eventos irregulares e 14 multas foram aplicadas por descumprimento das medidas de enfrentamento à pandemia.

A Secretaria de Ordem Pública fiscalizou 12 denúncias de eventos não autorizados. A Guarda Municipal informou que reforçou o patrulhamento nas praias neste final de semana de feriado prolongado, com mais 81 agentes na orla.

*Com informações da Rádio Nacional no Rio de Janeiro/EBC

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *