fevereiro 26, 2021

PRF autuou em um ano 410 motoristas por encobrir placas dos veículos


Para tentar fugir da fiscalização, alguns motoristas e motociclistas utilizam maneiras de encobrir as placas dos veículos. São fitas, adesivos, fios, tintas, sacolas plásticas e, em alguns casos, até mesmo as mãos são colocados por cima da placa. Essa é uma infração considerada gravíssima, com multa e apreensão do veículo.

Neste fim de semana, um levantamento feito pela Polícia Rodoviária Federal mostrou que, só neste ano, 410 motoristas já foram autuados por conduzir o veículo com qualquer uma das placas de identificação sem condições de legibilidade e visibilidade.

Essa tática de cobrir a placa também é utilizada por alguns motoristas e motociclistas que dirigem com o licenciamento do veículo vencido, ou que não têm ou que está com a Carteira de Habilitação suspensa ou cassada.

No sábado, foram flagrados, em Niterói, três motoristas dirigindo motocicletas com as placas parcialmente cobertas. Segundo a PRF, Niterói e São Gonçalo, na Região Metropolitana do Rio, são os municípios com mais infrações desse tipo. Essa é uma prática que vem preocupando as autoridades. A porta-voz da corporação, no Rio, Amanda Brôlo faz um alerta.

Para coibir essas e outras práticas perigosas, que podem por em risco a vida, a Polícia Rodoviária Federal reforçou o policiamento durante todo o período do Carnaval. A operação iniciou na sexta-feira, dia 12, e vai até a quarta-feira de cinzas, dia 17. Na BR-101, na altura de Niterói, uma aeronave está sendo utilizada para reforçar a fiscalização.

*Fonte: Rádio Nacional RJ – Foto: EBC

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *