novembro 30, 2020

Problemas técnicos não afetam credibilidade das eleições, diz Barroso


Uma lentidão inesperada na apuração de votos e falhas no aplicativo e-Título marcaram o 1º turno das eleições municipais. Mesmo assim, pouco antes da meia-noite desse domingo (15), o presidente do Tribunal Superior Eleitoral, Luis Roberto Barroso, anunciou o resultado final das eleições.
Barroso avaliou que os problemas não comprometem a credibilidade do sistema eleitoral brasileiro.

Ao longo do dia, Luis Roberto Barroso já havia informado que o aplicativo e-Título estava com falhas porque um dos servidores tinha sido desligado preventivamente. Foi depois de um ataque cibernético ao Superior Tribunal de Justiça, ao Ministério da Saúde e ao Governo do Distrito Federal. De acordo com a Polícia Federal, esses ataques não afetaram a eleição.

Já a lentidão na contagem dos votos foi percebida por volta das 18h, quando estados do Sul, Sudeste, Nordeste e Centro-Oeste haviam encerrado a votação. Essa foi a primeira eleição em que os dados das urnas foram enviados diretamente ao TSE para totalização. Antes, os Tribunais Regionais Eleitorais faziam a soma e mandavam para o Tribunal Superior apenas os resultados. A mudança foi feita para atender a uma recomendação da Polícia Federal.

Barroso disse que o motivo da demora foi uma pane em parte do supercomputador que faz essa soma. Essa falha deixou a contagem mais lenta do que o previsto e fez ressurgir a ideia de voltar ao voto em papel.

O presidente do TSE avaliou que o antigo sistema tinha muito mais problemas. O vice-presidente do TSE, Edson Fachin, que assumirá a presidência da Corte em 2022 e vai conduzir a próxima eleição, afirmou que ainda é cedo para falar em mudanças.

O TSE tinha previsto que, devido à pandemia da covid-19, a ausência nas urnas poderia chegar a 35%. Mas, o balanço final mostrou que a parcela do eleitorado que não compareceu foi menor e ficou na casa dos 23%. Acompanhe aqui os resultados das eleições.

*Com informações da Rádio Nacional em Brasília/EBC

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *