fevereiro 26, 2021

Trabalhadores da Ford fazem protestos em São Paulo e na Bahia


Manifestações em defesa do emprego e contra o fechamento das fábricas da Ford ocorreram nesta quinta-feira (21) na Bahia e em São Paulo.

Na capital paulista, a manifestação foi em frente a uma concessionária da Ford, na zona sul. O protesto foi convocado por diversas centrais sindicais, em solidariedade aos trabalhadores da Ford.

Alguns manifestantes enfatizaram que as demissões de aproximadamente cinco mil trabalhadores da Ford podem gerar um efeito cascata negativo, e levar ao fechamento de quase 120 mil postos de trabalho, considerando toda a cadeia econômica, conforme explicou o dirigente da Força Sindical, João Carlos Gonçalves, o Juruna.

Em Taubaté, local de uma das fábricas, a manifestação também ocorreu em frente a uma concessionária, e reuniu centenas de trabalhadores e manifestantes. Contou ainda com a presença de professores e estudantes da região em solidariedade aos funcionários.

Em Camaçari, na Bahia, o protesto ocorreu na porta da fábrica da Ford. Desde cedo, manifestantes e trabalhadores estavam reunidos em um ato ecumênico. Os trabalhadores reunidos também fizeram uma assembleia, onde foram passadas informações sobre as negociações com a empresa e as esferas governamentais que estão em andamento.

As negociações entre os sindicatos e a Ford estão ocorrendo desde segunda-feira (18). Ainda de acordo com os sindicatos, a empresa convocou alguns trabalhadores a retornarem por alguns meses para a fabricação de peças de reposição. O sindicato está orientando os trabalhadores a não atenderem o chamado e aguardarem o resultado das negociações. 

Enquanto os sindicatos reivindicam a manutenção dos empregos, a Ford alega reestruturação global da empresa para fechar as três fábricas no país. 

*Com informações da Rádio Nacional em São Paulo – Foto: Agência Brasil

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *